Sobre Rio Paranaíba – MG

Cachoeira do Funil. Fonte: Prefeitura Municipal de Rio Paranaíba.

Rio Paranaíba encontra-se em uma região privilegiada por apresentar em suas proximidades biomas ricos em biodiversidade, como o Cerrado e a Mata Atlântica. Além disso, situa-se no divisor de águas das nascentes do rio Paranaíba (afluente formador do rio Paraná) e do rio Abaeté (afluente importante do rio São Francisco). Com uma produção agropecuária altamente tecnificada, a região tem sofrido por ter se tornado fronteira agrícola nos anos 70/80, com a destruição da vegetação nativa para dar lugar à plantações. Outra atividade responsável pela degradação ambiental é a mineração, que ainda existe especialmente nos afluentes do rio Abaeté. Hoje a região é um celeiro, grande produtor de leite, café, cenoura, cebola e alho, entre outros cultivos. Embora bastante explorada, restam ainda resquícios de cerrado e mata atlântica que precisam ser restaurados e preservados. Neste âmbito foi criado o curso de Ciências Biológicas (ênfase em Conservação da Biodiversidade), no Campus de Rio Paranaíba da Universidade Federal de Viçosa.

Pontos turísticos de Rio Paranaíba:

Igreja Nossa Senhora do Rosário: localizada na Praça do Rosário, no centro da cidade.

Igreja Matriz: localizada na praça central da Cidade.

Morro do Pião: localizado nas proximidades da cidade.

Cachoeira da Antiga Usina.

Cachoeira Santo Antonio.

Nascente do Rio Paranaíba, o mais importante formador da bacia do rio Paraná.

Reserva Ecológica do Rio São João: nas proximidades da cidade, possui uma bela cachoeira.

Pedra do Felipe: localizada no Bairro Alta Santa Cruz.

Marco divisor das bacias dos rios São Francisco e Paranaíba: localizado na BR 354.