É Possível Ter Ossos Saudáveis na Terceira Idade?

Se você já passou dos seus cinquenta anos, então você saberá a importância de exames regulares e visitas ao ortopedista

Sabemos que as alterações físicas relacionadas ao envelhecimento, como cabelos grisalhos e rugas são algumas coisas que você pode lidar com facilidade é o que explica Bianca March, blogueira do Abrandh.

No entanto, quando se trata da saúde de seus ossos e músculos, você precisa ter muito mais cuidado.


Alterações nos seus músculos devido ao envelhecimento

À medida que envelhece, os músculos tendem a perder força e tamanho.

Isso pode torná-lo propenso a fadiga , fraqueza e diminuição dos níveis de tolerância ao exercício. Os vários fatores que desempenham um papel além disso são:

  • A taxa de reposição do tecido muscular no corpo diminui;
  • As fibras musculares do corpo reduzem tanto em tamanho quanto em número;
  • Modificações no sistema nervoso podem prejudicar a capacidade do músculo de se contrair.

Alterações nos ossos devido ao envelhecimento

O envelhecimento afeta a estrutura do osso e leva a uma perda do tecido ósseo.

Portanto o envelhecimento causa baixa massa óssea, tornando-os fracos.

Isso significa que uma queda simples pode ter um efeito sério em seus ossos.

As várias causas que podem provocar essas mudanças são:

  • Perda de tecidos ósseos;
  • Menopausa e andropausa;
  • Perda de minerais vitais como o cálcio;
  • Mudanças hormonais no corpo, tem que o corpo perde minerais dos.

Condições comuns que afetam o sistema músculo-esquelético.

Osteoporose: Este distúrbio resulta de uma perda de densidade óssea, tornando em ossos frágeis.

Isso torna os ossos altamente suscetíveis a fraturas e quebras.

A osteoporose é uma doença óssea que ocorre quando o corpo perde muito cálcio, não produz mais da mesma forma.

Tenha em mente, que os ossos podem se enfraquecer e romper-se, devido queda ou outros fatores.

No entanto, você pode fazer mudanças saudáveis em como você se alimenta e se exercita.

As coisas que você pode fazer incluem:

  • Tomar cálcio e vitamina D;
  • Usar colágeno tipo 2 como sugere o Dr Lair Ribeiro
  • Fazendo exercícios com pesos, indicado por um fisioterapeuta;
  • Não beber tanto álcool e não fumar;
  • Evitando quedas;
  • Tomando remédios.

Artrite Reumatoide: Transtorno autoimune que geralmente se desenvolve após os 40 anos de idade;

Como resultado, o sistema imunológico do corpo ataca os tecidos do corpo, levando à inflamação nas articulações.

Portanto, algumas medidas podem ajudar, por exemplo:

  • Medicamentos para aliviar os sintomas ou retardar o progresso da condição;
  • Tratamento térmico, como banhos quentes ou pacotes
  • Tratamento a frio, como compressas frias
  • Dispositivo elétrico para aliviar a tensão.
  • Cirurgia para corrigir problemas nas articulações


Osteoartrite :
É uma desordem das articulações causada pela deterioração da cartilagem.

Acima de tudo, evite o excesso de peso, visto que, a perda de peso é suficiente para melhorar a dor associada à osteoartrite.

Exercício físico isso deve ser individualizado assim como o uso dos seguintes remédios.

  • Analgésicos . Eles são os medicamentos mais usados.
    Eles produzem uma melhora significativa na dor e rigidez articular.
    Analgésicos comuns como o paracetamol são normalmente usados.
  • Drogas anti-inflamatórias. Somente em casos onde os pacientes têm dor apesar do uso de analgésicos.
    Nesse caso portanto, especificamente podem usar os anti-inflamatórios como diclofenaco, naproxeno, ibuprofeno etc.